Categoria: Motos

Confira o ranking das motos mais roubadas no Brasil

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNseg) elabora anualmente o ranking das motos mais roubadas do Brasil em 2016. Confira:

1) Honda CG 125

2) Honda CG 150

3) Honda CBX Twister 250

4) Honda NXR 150

5) Honda C100

6) Honda Biz

7) Yamaha YBR

8) Yamaha Fazer

9) Honda XRE

10) Honda NX-4

Fonte: CNseg

Corte de 35% no investimento afeta segurança no RJ. Roubos disparam

rio-de-janeiro-vacation-344757_1280

Reportagem do Jornal da Band mostra que o setor de segurança pública teve corte de 35% no orçamento do Estado do Rio de Janeiro. Enquanto isso, aumentam todos os índices de violência na capital.

Veja a reportagem: http://videohd4.mais.uol.com.br/15806056.mp4?ver=1&r=http://mais.uol.com.br

Print jornal band

Proteja-se dessa onda de assaltos com a Carsystem: www.carsystem.com

Polícia de São Paulo apreende 1 milhão de peças de motos roubadas

Operação da Polícia Civil  de São Paulo fez uma operação que resultou na apreensão de 1 milhão de peças de motocicletas sem comprovação de origem, avaliadas em mais de R$ 6 milhões. Os responsáveis pelas três lojas na rua dos Gusmões, na região central da cidade de São Paulo, foram presos em flagrante.

“Essas lojas cheiram a sangue, pois essas peças são resultado de latrocínios cometidos para se roubar motocicletas. Nós temos aqui quadros de motocicletas já desmanchados, com o número do chassi já raspados”, disse o secretário. Ele afirmou que os demais comércios da região também serão investigados e a fiscalização aos locais será feita com a participação do Corpo de Bombeiros, que irá verificar se os imóveis oferecem condições de segurança para funcionar e se têm AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

O secretário explicou que a operação tem dois objetivos. O primeiro, segundo ele, é evitar a continuidade dos roubos. “Ao atacar o receptador, dificulta-se as vendas. E pegando o receptador, a investigação continua para pegar a quadrilha que rouba”.

O segundo ponto, de acordo com Alexandre, é que as apreensões fazem com que as quadrilhas fiquem sem dinheiro. O secretário explicou que a ideia é cada vez mais intensificar a investigação e as operações. “O mais importante é identificar os roubadores que vendiam para os receptadores”.

Os locais foram interditados administrativamente pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e serão lacrados pela Prefeitura de São Paulo.

Desde julho do ano passado, a Operação Desmanche, criada pelo Governo, combate as vendas irregulares de veículos e peças usadas e, consequentemente, o roubo e o furto de veículos. Em 2014, a operação fiscalizou 999 estabelecimentos e interditou 503 locais por irregularidades.

SBT Brasil mostra Car System como aliada dos motociclistas

O telejornal SBT Brasil exibiu uma série de reportagens sobre roubos de motos em São Paulo.

Foram abordados aspectos como o medo dos motociclistas, a queda nas vendas e o altíssimo preço do seguro.

A matéria mostrou o livre comércio de peças de origem duvidosa, no Centro de São Paulo, onde é possível encontrar componentes de motos de todos os tipos, das populares às importadas.

Isso faz com que as seguradoras não aceitem fazer apólices para vários modelos de motocicletas.

O rastreamento torna-se a principal forma de proteção para os donos de motos.

O presidente da Car System, José Melo, foi um dos entrevistados. Assista:

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/46387/Roubo-de-motos-atrapalha-mercado.html#.VGJbIvnF9cx

Andar de moto, na zona leste, às sextas-feiras, é situação de maior perigo em SP

A CARSYSTEM, líder nacional em rastreamento e bloqueio de veículos, elabora mensalmente um levantamento de furto e roubo na região metropolitana de São Paulo.

A estatística é baseada nas ocorrências geradas na base dos cerca de 150 mil veículos que contam com o equipamento da empresa.

Os dados de agosto apontam dados interessantes, que servem de parâmetro para todos os proprietários de motos, automóveis e utilitários.

O primeiro apontamento que chama a atenção é que 72% das ocorrências na grande São Paulo são de roubos à mão armada, enquanto 28% são de furtos (quando o crime ocorre na ausência do motorista).

Outro dado importante: a Zona Leste de São Paulo lidera, com folga, o índice de furtos e roubos de veículos na capital paulista.

Em agosto, a região respondeu por 43% do total de casos na cidade, seguida pelas zonas Sul, com 23%; Oeste, com 20% e Norte, com 10%. Contrariando a percepção de que o Centro da cidade seria uma região violenta, a área foi a que teve menor índice de sinistros: apenas 4% dos casos.

Os motociclistas são os alvos preferidos dos ladrões.

Oito em cada dez casos de furtos e roubos em São Paulo envolvem motos (82% dos casos), seguido de carros, com 15% e utilitários com 3% do total.

Domingo e sexta-feira, com 17% do total de casos cada um, foram os dias da semana em agosto com o maior número de ocorrências;  segunda-feira o dia com menos assaltos: 11% do total.

10 dicas de ouro para proteger sua moto dos ladrões

A motocicleta é um dos bens mais roubados e furtados no Brasil. Veja as 10 regras de ouro para se proteger e não ser vítima dos ladrões.

1) Evite ao máximo rodar com sua moto à noite, principalmente nas chamadas “altas horas”. A incidência de crimes nesses horários é praticamente o dobro.

2) Pilote concentrado, atento ao movimento de pedestres e de outras motos, principalmente as que têm dois ocupantes. Os ladrões preferem as vítimas que estejam distraídas.

3) Não estacione sua moto em ruas desertas, ermas ou escuras. Opte por parar em rua mais movimentada, mesmo que seja mais distante do local aonde você vai.

4) Esteja sempre atento ao retrovisor, para visualizar com antecedência motos suspeitas, com dois ocupantes. Se desconfiar, não hesite em parar em local seguro, como um posto de gasolina, por exemplo.

5) Na garagem, sempre esconda sua moto da visão dos transeuntes. Se isso não for possível, cubra-a com capa.

6) Nos finais de semana os ladrões também agem. Sempre que possível, organize passeios em grupo. Isso protege a todos, já que é muito raro que o assalto a grupos de motociclistas.

7) Seja discreto. Capacetes e trajes caros e chamativos aumentam a chance de o ladrão “perceber” o que você pilota.

8) Varie os seus caminhos. Fazer sempre o mesmo trajeto faz com que o ladrão mapeie o melhor trecho e horário para praticar o assalto.

9) Se o assalto for anunciado, não reaja. A maior parte das vítimas fatais em casos de roubo tentou reagir.

10) Instale um bloqueador ou rastreador Carsystem. Você terá grande chance de recuperar sua moto em caso de furto ou roubo e, se o assalto ocorrer, ficará mais tranquilo com essa possibilidade.

CARSYSTEM - Em todo o Brasil, Proteção tem Nome.