Categoria: Sem categoria

Preço de seguro de veículos dispara no Rio de Janeiro

Preço no Rio chega a ser 20% maior do que em outras capitais

Os preços dos seguros de sete dos dez carros mais vendidos do país são mais caros no Rio de Janeiro.

O valor médio pode chegar a R$ 8.639, e o custo até 20% superior do que o verificado em outras cinco capitais.

Para especialistas, a escalada da violência e o aumento no número de roubos de veículos contribuíram para a elevação dos preços no Rio.

A comparação do seguros nos estados faz parte de um levantamento realizado pela corretora de seguros online Minuto Seguros, que simulou os preços médios das apólices dos veículos, para um homem casado de 35 anos, com os modelos mais vendidos, em julho, para cinco capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Campo Grande e Rio Branco.

No estado do Rio, somente no mês de julho, houve um aumento de 59,5% no número de roubo de carros, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). Foram registrados 4.953 casos, 1.848 registros a mais em relação ao mesmo mês do ano passado.

De acordo com José Varanda, coordenador da graduação de tecnólogo em gestão de seguros, da Escola Nacional de Seguros, área de residência é decisiva no cálculo.

— Algumas seguradoras estão começando a incluir questionamentos sobre o trajeto que o motorista faz com mais frequência, ou caminho para o trabalho. Assim, a empresa vai precificar o risco a que o veículo estará exposto, já em alguns casos o motorista não reside em uma área considerada de risco, mas passa com frequência por locais perigosos — afirma José Varanda.

Fonte: Jornal Extra

O Carsystem com Seguro é a melhor solução para quem quer proteger seu veículo, já que o preço não se baseia no perfil do motorista, mas no valor do veículo. Adquira o seu no hot site: http://www.carsystem.com/blog

Roubos a veículos disparam em Niterói, RJ

O roubo de veículos registrou aumento de 36,75% do ano passado para este, em Niterói, Rio de Janeiro.

De janeiro a julho deste ano foram 1.131 casos. No ano passado, foram 827 casos no mesmo período da estatística.

Vários motoristas foram rendidos na saída do túnel que liga São Francisco à Icaraí. Imagens de câmeras de segurança mostram vários crimes na região. Muitas vezes, os carros roubados servem para alimentar a indústria do crime.

Fonte: G 1

Proteja-se com a Carsystem! Acesse o hotsite e adquira o seu rastreador!

www.carsystem.com/blog

Aumento de roubo de veículos no RJ faz preço de seguro disparar

Os casos de furto e roubo de veículos atingiram níveis alarmantes no Rio de Janeiro. O problema se reflete no forte aumento de preços dos seguros.

Só no primeiro trimestre desse ano, o crescimento do número de carros roubados na Zona Sul do Rio foi de 45% em comparação ao mesmo período de 2016. Nas Zonas Norte o crescimento foi de 18% e na Oeste, 20%.

” Vamos partir do princípio de 100 veículos roubados por dia. Em média, 20% são recuperados, isso porque os carros são abandonados. Aqueles que ficam com os criminosos são levados para o desmanche, e também são vinculados a clones”, diz Julio Cesar Rosa, diretor executivo da Federação Nacional de Seguros Gerais.

Segundo o sindicato das seguradoras, a taxa de roubos em carros com seguro é de 8 a cada 10 carros. E isso, segundo um diretor do sindicato, entra na conta das seguradoras.

” A seguradora especifica de acordo com o modelo do veículo, a região e o perfil do segurado. Os roubos explodiram, e por isso o preço dos seguros subiu muito “, diz Roberto Santos, diretor do Sindicato. Ele deu algumas dicas.

“O uso de garagem reduz substancialmente o preço do seguro, caso a pessoa more em uma região com altos índices”, afirmou ele. Com seguro popular e garagem, o seguro pode descer a até R$ 1542, 25% a mais do que o valor atual na maior parte das seguradoras.

Fonte G 1.

Diante desse quadro, adquirir um rastreador é a melhor opção levando em conta a relação custo-benefício. Além disso, a Carsystem oferece o plano Carsystem com Seguro, sem análise de perfil, com custo até 50%  mais barato que o seguro tradicional e rastreador grátis.

Adquira o seu em condições especiais no hotsite: http://www.carsystem.com/blog/

Pesquisa revela o perfil de motociclistas no Brasil

A motocicleta é vista como uma solução de transporte para quem quer ter condução própria e fugir do transporte público, quase sempre lotado.

Mas qual é o perfil do comprador de motos e como ele usa o veículo?

Para responder a essas e outras perguntas, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motos e Motonetas (Abraciclo) realiza pesquisas para traçar o perfil do consumidor brasileiro de motocicletas.

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), dos 10 veículos mais vendidos na Região Sudeste. De acordo com a Abraciclo, a participação feminina vem crescendo, mas ainda é pequena. Em cada dez motociclistas, 8 são homens. A faixa etária de maior consumo de motos novas vai dos 21 aos 40 anos, com 66% de participação.

Outro dado interessante apurado pela pesquisa é com relação ao estado civil do comprador de motos novas: 57% são casados, revelando que a motocicleta também serve como o primeiro veículo da família, já que apenas 36% dos entrevistados dizem também ter automóvel. As razões de compra confirmam o raciocínio, já que 40% declaram que adquiriram a moto para substituir o transporte coletivo; 10% para substituir o carro; e 16% como ferramenta de trabalho, como é o caso dos motoboys.

Outro dado que retrata o amadurecimento do mercado é que 72% dos compradores afirmam que não é sua primeira moto. Ou seja, o consumidor que entra no segmento permanece nele. A pesquisa mostra ainda que 80% declaram que usam a moto individualmente e 20% a compartilham. No quesito finalidade de uso, 74% revelam que usam a moto para ir ao trabalho ou à escola, e também como instrumento de trabalho. Com relação à forma de aquisição, surpreendentemente 23% compram à vista, 36% optam pelo consórcio, 40% por financiamento e 1% preferem outras modalidades.

Independentemente de como a moto foi comprada, é preciso protegê-la. A melhor maneira de fazer isso é instalar um rastreador Carsystem. Acesse o site: www.carsystem.com/blog/ e adquira o seu!

Veja 5 bons motivos para ter um rastreador veicular

five-1426662_1280

Para quem tem carro ou moto e vive no Brasil, país com altos índices de criminalidade, o rastreador veicular é um grande aliado.

Veja os principais motivos para ter um rastreador Carsystem:

  1. Fácil localização do veículo

Através da tecnologia de localização via GPS (Global Positioning System), a Carsystem consegue localizar e dar as coordenadas do local onde está o veículo, em tempo real.

     2. Aparelho é invisível para o ladrão

O aparelho é instalado em local desconhecido até mesmo para o motorista. Isso quer dizer que, em caso de assalto, o ladrão não tem como saber se o veículo tem rastreador.

    3. Agilidade na recuperação do veículo

Em caso de furto ou roubo, o cliente é orientado a ligar o mais rápido possível para a Central de Monitoramento da Carsystem. Imediatamente, o veículo é bloqueado e localizado. Então, entra em cena a equipe especializada na recuperação do veículo, que vai até o local onde está está o carro ou a moto.

4. Tranquilidade para o motorista ou motociclista em caso de assalto

Os especialistas em segurança afirmam que a vítima não deve reagir em caso de assalto. Muita gente parte para o confronto com os ladrões por saber que o veículo não tem seguro ou rastreador. Relatos de clientes da Carsystem mostram que, ao ser anunciado o assalto, eles não reagiram e se mantiveram calmos por saber que seu veículo seria localizado. Não arriscaram a vida.

    5. Seguro mais barato

Ter um rastreado significa fazer apólices de seguro muito mais baratas. As seguradoras sabem que com o equipamento é mais bem mais fácil recuperar o veículo. Há, inclusive modalidades de seguro atreladas ao rastreador, como o Carsystem com Seguro.

Adquira o seu Carsystem no site: http://www.carsystem.com/blog/

 

CARSYSTEM - Em todo o Brasil, Proteção tem Nome.