Tag: #carsystem #rastreador #roubo #protecao #seguro (Página 1 de 7)

Saiba quais são os dez carros mais roubados em São Paulo

A Superintendência Nacional de Seguros Privados fez um levantamento que apontou os dez modelos de carros mais roubados no Estado de São Paulo. Confira:

  1. Chevrolet Celta 1.0
  2. Fiat Pálio 1.0
  3. Hyundai HB20
  4. VW Gol 1.0
  5. Ford Fiesta (acima de 1.0)
  6. Chevrolet Corsa 1.0
  7. VW Fox (acima de 1.0)
  8. VW Voyage
  9. Honda Fit
  10. VW Fox 1.0

Proteja seu carro ou sua moto com a Carsystem!

Acesse o site www.carsystem.com/blog e adquira o seu rastreador!

Carros roubados no Brasil continuam sendo levados ao Paraguai

Imagem relacionada

Fronteira do Brasil com Paraguai é rota de carros roubados

O Paraguai vem sendo, há décadas, um dos principais destinos de carros roubados no Brasil.

Um carro roubado em São Paulo no dia 13 de janeiro foi recuperado em Mato Grosso do Sul.

O veículo foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-463, poucos quilômetros antes da área urbana de Ponta Porã, cidade vizinha a Pedro Juan Caballero, onde muitos carros roubados são trocados por entorpecentes ou vendidos.

O motorista, de 50 anos, disse que receberia dinheiro para levar o carro até Ponta Porã. Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal do município.

Segundo a PRF, os policiais constataram que o carro era roubado depois que desconfiaram da autenticidade do documento do veículo apresentado pelo motorista.

Proteja-se com a Carsystem!

Acesse o site www.carsystem.com/blog e adquira o seu rastreador!

 

Veja quais são os 10 carros mais roubados em Salvador

A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) fez um levantamento dos carros mais roubados em Salvador, Bahia.

Confira o ranking:

1. VW VOLKSWAGEN GOL 1.0

2. FIAT PALIO 1.0

3. FIAT UNO 1.0

4. GM CHEVROLET CELTA 1.0

5. GM CHEVROLET CORSA 1.0

6. TOYOTA HILUX

7. TOYOTA COROLLA

8. HUNDAI HB20

9. VW VOLKSWAGEN VOYAGE

10. FIAT PUNTO

(FONTE: SUSEP)

Proteja seu veículo com a Carsystem. Acesse o site www.carsystem.com/blog

Rio de Janeiro bate recorde de roubo de carros

O ano de 2017 registrou o maior número de roubos de carros no Rio de Janeiro desde 2003, quando o Instituto de Segurança Pública começou a contabilizar o crime. Entre janeiro e novembro de 2016 foram 37.510 casos. No mesmo período deste ano, subiu para 49.878: aumento de 33%.

A cidade de São Gonçalo, na Região Metropolitana, é a com maior incidência destes crimes no estado. Em seguida, vêm Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis – todas na Baixada Fluminense.

Na capital, são os bairros da Zona Norte que registram mais casos.

Não é só a sensação de insegurança que preocupa os motoristas. O aumento nos roubos de carros acendeu um alerta no mercado de seguros. Proteger o carro agora pode sair bem mais caro.

“As seguradoras levam em consideração o lugar onde o veículo dorme, a pernoite. Se é uma região onde tem um índice muito grande de roubo, o que acontece é que essas regiões têm uma taxa de seguro maior, esse é um dos itens. Mas, hoje, o problema é que como o roubo está muito alto, tem acontecido dessa ser uma das principais razões do preço do seguro estar tão alto”, explicou Jayme Torres, presidente do Clube dos Corretores de Seguro do Rio.

Os motoristas reclamam: “Quando fui renovar, de 5.500 (reais) passou pra 18 mil (reais). Quer dizer, você é assaltado pelos marginais e, quando precisa renovar o seguro, acontece uma covardia dessas”, diz Márcio Soares.

Proteja seu carro e sua moto com a Carsystem! Acesse o site www.carsystem.com/blog e adquira o seu rastreador!

Fonte: G1

Ladrões de veículos atacam em Santos e Guarujá

Guarujá: risco de assaltos a veículos

As férias chegaram e os ladrões aproveitam a distração dos turistas para agir no litoral.

Mais populosa cidade do litoral paulista, Santos (72 km de SP) oferece riscos de roubo de veículos em um trecho de cerca de um quilômetro, das proximidades do emissário submarino até a altura do posto 2 do Corpo de Bombeiros, na praia do Gonzaga.

No Guarujá (84 km de SP), pedestres e veículos são furtados na praia da Enseada.

Nas Pitangueiras, os furtos são mais comuns perto do shopping.

Já no Tombo, surfistas que deixam a chave do carro “escondida” sobre os pneus são as vítimas preferidas.

Proteja seu veículo com a Carsystem! Acesse o site www.carsystem.com/blog e adquira o seu rastreador!

 

Ladrões usam sites de compras para anunciar carros roubados

O roubo de veículos é cada vez mais frequente pela facilidade que os bandidos têm para vender os carros e motos das vítimas. Agora usam até a Internet.

A Polícia Civil prende três homens acusados de envolvimento em um esquema de compra e venda de veículos roubados na Internet por meio de um site de compra e venda. Vinicius de Oliveira da Costa, Wellington Gabriel Pinheiro Leal e Diego José Lobato Pinheiro foram autuados em flagrante pelo crime de receptação de duas motos e de um carro com registro de roubo.

Segundo o delegado Thiago Dias, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFVA), unidade policial vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), as investigações iniciaram depois que uma das vítimas denunciou que a moto de sua propriedade que havia sido roubada estava sendo negociada no site.

Conforme o delegado, as investigações sobre esse tipo de prática são constantes, pois existem casos semelhantes de veículos irregulares postos à venda na Internet. Cada um dos acusados foi detido em locais diferentes enquanto negociavam os veículos.

Esses sites  não são responsáveis pela mercadoria anunciada. Apenas abrem espaço para anúncios. Quem faz o anúncio é a pessoa. Os veículos anunciados foram recuperados.

Em depoimento, os presos negam que sabiam que os veículos eram roubados. Diego José alega que estava anunciando uma moto ao preço de R$ 2,1 mil no site. Ele afirma ter comprado a mesma moto ao preço de R$ 1.750. Ele alega que chegou a fazer uma pesquisa sobre a placa da moto e, segundo ele, o veículo estava como regular.

Fonte: Folha do Progresso

Salvador teve 19 veículos roubados por dia em 2017

A polícia baiana começa 2018 com um desafio: diminuir o índice de roubos e furtos de veículos na capital do Estado.

Pouco mais de sete mil veículos, incluindo motos, carros e caminhões, foram roubados ou furtados somente em Salvador no ano de 2017. A estatística é da Secretaria da Segurança Pública (SSP) da Bahia.

Os dados apontam que, de janeiro a dezembro de 2017, 5.652 veículos foram roubados nas ruas da capital baiana.

O roubo acontece quando o bandido utiliza de violência para levar o bem da vítima. Já o furto, quando o suspeito subtrai o veículo sem a presença do motorista, fechou o balanço com 1.540 casos.

Em média, isso quer dizer que 19 carros, motos ou caminhões foram tirados de seus donos, diariamente, na capital baiana em 2017.

Nos 12 meses de 2016 esses números foram maiores. Exatos 6.140 casos foram registrados como roubo, enquanto 1.618 acabaram sendo qualificados como furto.

 

Câmera flagra roubo de veículo a mão armada na Zona Leste de SP

          Polícia ainda não localizou o ladrão

A virada do ano não foi boa para um estudante de Itaquera, Zona Leste de São Paulo.

Ele sofreu assalto à mão armada e teve seu carro roubado. Confira o vídeo em reportagem do Portal R 7.

https://noticias.r7.com/sao-paulo/camera-flagra-abordagem-e-roubo-com-arma-na-zona-leste-de-sp-veja-30122017

Proteja seu veículo com Carsystem! Acesse o site www.carsystem.com.br/blog e confira nossos rastreadores!

Rastreador é a melhor opção para proteger sua moto

O índice varia de cidade para cidade, mas, em média, o número de motos roubadas é o dobro do número de carros levados pelos ladrões.

No carro o motorista tem a proteção da estrutura do veículo, película nos vidros e até blindagem. Isso não evita, mas pode dificultar um pouco a vida dos bandidos.

O motociclista, por sua vez, fica totalmente exposto. Uma simples parada no semáforo pode ser ocasião de roubo. A rapidez e facilidade de deslocamento para desmanches e até para revenda, tornam esse bem o mais visado pelos ladrões.

A quantidade alarmante de motos roubadas torna proibitivo o preço dos seguros. Isso quando as companhias aceitam fazer apólices. Várias seguradoras se recusam a fazer seguros de motos, principalmente para os modelos mais roubados.

Diante desse quadro, a melhor opção para proteger sua moto é o rastreador.

Conheça os produtos da Carsystem, a pioneira do mercado em rastreamento! Acesse o site: www.carsystem.com/blog 

Confira 10 dicas para viajar com segurança nas férias

1 – Verifique se a manutenção do veículo está em dia

Não deixe de cumprir os prazos de manutenção que constam no manual do proprietário. Nele você encontra as quilometragens indicadas para a revisão dos itens que asseguram o bom funcionamento, economia de combustível e as condições adequadas do veículo. Sistema de freios, direção, motorização, iluminação, arrefecimento, ventilação, desgaste dos pneus, alinhamento e balanceamento são algumas das verificações periódicas obrigatórias.

2. Tenha todas as luzes funcionando perfeitamente

Ver e ser visto está entre as regras básicas de segurança no trânsito. Portanto, vale a pena ter certeza de que todas as lâmpadas externas (faróis, lanternas, luzes de freio, sinalizadores de direção, de marcha ré e da placa de licença) estão funcionando, pois elas são fundamentais para a segurança, especialmente em trajetos com condições de visibilidade precária, como neblina em trechos de serra.

3. Planeje o trajeto que vai fazer antes de sair

Planejar a viagem é outro passou importante para evitar imprevistos indesejáveis. Então, antes de pegar estrada, verifique se existem postos de abastecimento e restaurantes no seu trajeto. Ao parar para abastecer, cheque o nível do óleo do motor e a calibragem dos pneus sempre que possível. É recomendável ainda que o condutor faça uma parada a cada 90 minutos para movimentar os músculos. Isso ajuda a evitar os desconfortos da fadiga.

4. Mantenha os pneus bem calibrados

Não se esqueça de calibrar os pneus, inclusive o estepe. Os pneus devem ser calibrados ainda frios, portanto pare no posto mais próximo da sua casa e não após rodagens longas. A uniformidade do desgaste também deve ser sempre conferida. Se houver algum tipo de irregularidade, elas podem indicar a necessidade de alinhamento do sistema de direção ou até mesmo a troca.

5 –  Siga os procedimentos básicos de segurança

Se a viagem for de moto, já prepare os equipamentos de segurança:  capacete, calças e jaquetas confeccionadas em tecido grosso ou couro, calçados fechados e luvas. O capacete precisa estar dentro do prazo de validade. A viseira também exige atenção, pois precisa estar sempre limpa e sem riscos para não prejudicar a pilotagem em dias chuvosos e à noite. Roupas de cor clara facilitam a visão de outros motociclistas, principalmente no período noturno.

6. Fluidos em dia e equipamentos

No caso de ir de carro, outra recomendação é não deixar de levar ferramentas e o triângulo de segurança no porta-malas do automóvel, além de checar, antes da partida, a validade do extintor de incêndio e a calibragem do estepe. Aconselha-se também inspecionar o nível do óleo e outros fluidos, como do arrefecimento, lavador do para-brisa, freios, direção hidráulica e da transmissão automática, se o veículo contar com esse tipo de equipamento.

7 – Respeite os limites de velocidade

Não apenas não se deve dirigir acima dos limites permitidos por lei, mas também é recomendável dar uma tirada de pé no caso de tempo chuvoso.

Diminuir a velocidade de 100 km/h para 80 km/h, por exemplo, reduz o espaço de frenagem em mais de 15 metros, uma distância equivalente a mais de três carros e que pode ser essencial na hora de evitar um acidente.

8 – Mantenha distância do veículo à frente

Nem pense em colar na traseira dos outros carros. Use a a regra dos três segundos como parâmetro: Quando o veículo da frente passar por um poste ou árvore, comece a contar “1,2,3”. Caso você passe pela mesma árvore antes da contagem atingir o três, você está perto demais. Em caso de pista molhada, essa contagem deve ser aumentada para ajudar no tempo de frenagem.

9 –  Não faça ultrapassagens arriscadas

Jamais ultrapasse pela direita e sempre utilize as setas para mostrar sua intenção para outros motoristas e evitar uma fechada. Em vias de mão dupla, respeite a indicação da faixa de divisão, elas estão lá para avisar onde é o local mais seguro. Mesmo seguindo essas dicas, certifique-se do mais importante: somente ultrapasse caso você se sinta seguro.

10 –  Acomode bem as bagagens

Em um acidente, um objeto solto na cabine tem seu peso multiplicado 25 vezes quando arremessado. Por isso leve as bagagens apenas no porta-malas. Evite sobrecarregar o carro. O peso extra faz com que o tempo de frenagem seja maior e a aceleração seja menor (risco nas ultrapassagens).

Fonte: Carros – iG @ http://carros.ig.com.br/2016-12-19/viagem-de-ferias.html

Página 1 de 7

CARSYSTEM - Em todo o Brasil, Proteção tem Nome.