Tag: moto (Página 1 de 2)

Municípios do Grande ABC lideram roubo de veículos no Estado de SP

Santo André só perde para a Capital e Campinas em número de casos.

Os municípios do Grande ABC lideram estatísticas criminais referente a roubos de veículos no Estado.

Cinco das sete cidades da região – com exceção de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra – aparecem no Top 20 das que mais tiveram ocorrências do tipo em maio deste ano, de acordo com dados SSP (Secretaria da Segurança Pública) do Estado.

O  levantamento aponta que Santo André possui hoje a pior situação na região. O município aparece na terceira colocação no ranking de ocorrência de roubo de veículos, com 216 casos, atrás somente da Capital e de Campinas.

Outros quatro municípios da região integram a lista de cidades com grande número de ocorrências: São Bernardo (4º), Diadema (5º), Mauá (7º) e São Caetano (20º). As colocações de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não foram divulgadas pelo boletim.

Fonte: Diário Grande do ABC

Proteja-se com a Carsystem: www.carsystem.com/blog

Moradores escrevem faixas para alertar perigo de assalto em Belford Roxo, RJ

Diante do alto número de assaltos, os moradores das ruas Presidente Costa e Silva e Castelo Branco, no bairro Parque São Vicente, em Belford Roxo, Rio de Janeiro, resolveram alertar os pedestres sobre a violência na região. Para isso, eles confeccionaram faixas e espalharam pelo local durante o fim de semana.

O caso mais recente ocorreu na noite do último sábado, quando dois homens armados levaram a moto do filho de um comerciante do local. O homem, que preferiu não se identificar, comentou que todos na área parecem viver em uma prisão, já que evitam sair de suas casas.

O crescimento também pode ser notado no roubo de veículos em Belford Roxo. O município registrou 428 ocorrências do tipo em junho do ano passado contra 504 este ano.

Fonte: Extra

Proteja-se com Carsystem! Acesse o hotsite www.carsystem.com/blog e aproveite nossas promoções!

Saiba quais são as 10 motos mais roubadas no Brasil

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNseg) elabora anualmente o ranking das motos mais roubadas no Brasil. Confira o ranking mais recente:

  • 1) Honda CG 125
  • 2) Honda CG 150
  • 3) Honda CBX Twister 250
  • 4) Honda NXR 150
  • 4) Honda C100
  • 6) Honda Biz
  • 7) Yamaha YBR
  • 8) Yamaha Fazer
  • 9) Honda XRE
  • 10) Honda NX-4

Fonte: CNSEG

Proteja sua Moto! Acesse o hotsite www.carsystem/blog e adquira o seu rastreador Carsystem em condições especiais!

Cliente Carsystem recupera moto roubada e põe vídeo do resgate no YouTube

O Cliente da Carsystem, Andy, que mora na Zona Leste de São Paulo, teve a sua moto roubada e recuperada. Dono do Canal XJ6 Tenebrosa, no You Tube, que tem mais de 15.000 inscritos, ele fez questão de postar o vídeo abaixo, que mostra o processo de recuperação, em ação conjunta da Carsystem e da Polícia Militar. Confira!

Faça como o Andy. Proteja-se com a Carsystem! Acesse o hot site e aproveite condições especiais: http://www.carsystem.com/blog/

 

 

Dez mandamentos para não ter o carro roubado

O blog Carsystem, preocupado com sua segurança, traz os dez mandamentos para que você não tenha seu veículo roubado. C0nfira:

  1. Use o bom senso ao escolher um local para estacionar. Estacionamento fechado é sempre a melhor opção para evitar os furtos e roubos. Mas, quando não houver alternativa e for preciso parar o carro na rua, evite lugares ermos e de fraca iluminação;
  2. Não deixe nada dentro do carro, nem mesmo sacolas vazias. Qualquer objeto pode ser confundido com um item de valor e atrair a atenção do ladrão. Crie o hábito de guardar compras no porta-malas assim que você entrar no carro;
  3. Não cole adesicos que exponham informações pessoais. Um adesico que mostra que o proprietário estuda na faculdade mais cara da cidade pode atrair o ladrão.
  4. Um adesivo feminino também pode indicar ao ladrão que o carro pertence a uma mulher. Se o objetivo for um assalto, essa informação pode incentivar o criminoso a mirar exatamente esse veículo, já que ele pertence a uma vítima mais vulnerável.
  5. Não guarde documentos no carro. Boletos bancários, cartões e correspondências podem ser usados pelos ladrões para acessar sua conta ou planejar um roubo à sua casa. A carteira de motorista e o registro do carro também não devem ficar no interior do veículo. Se o carro for levado, em posse dos documentos, os criminosos podem ter mais facilidade para vender e usar seu veículo;
  6. Utilize dispositivos de segurança visíveis. Eles podem ser muito eficientes diante de ladrões casuais e mais oportunistas;
  7. Evite dizer a manobristas e flanelinhas quanto tempo você irá demorar até retornar. Se o objetivo for furtar o carro, o ladrão pode desistir ao saber que não terá tempo para agir com tranquilidade.
  8. Não namore dentro do carro, principalmente à noite e em lugares desertos; 
  9. Em semáforos, mantenha sempre uma distância segura entre o seu veículo e o carro da frente quando o semáforo fechar. Você terá mais visibilidade e espaço caso seja necessário arrancar o carro repentinamente; 
  10. Ao chegar em casa, antes de entrar na garagem, preste atenção na rua, nas calçadas e nas esquinas. Muitos sequestros acontecem exatamente quando o motorista está chegando em casa. Se você notar alguma pessoa com comportamento suspeito, dê mais uma volta e informe a polícia.

Proteja-se com um rastreador Carsystem. Acesse o hot site e adquira o seu em condições especiais: http://www.carsystem.com/blog/

Pesquisa revela o perfil de motociclistas no Brasil

A motocicleta é vista como uma solução de transporte para quem quer ter condução própria e fugir do transporte público, quase sempre lotado.

Mas qual é o perfil do comprador de motos e como ele usa o veículo?

Para responder a essas e outras perguntas, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motos e Motonetas (Abraciclo) realiza pesquisas para traçar o perfil do consumidor brasileiro de motocicletas.

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), dos 10 veículos mais vendidos na Região Sudeste. De acordo com a Abraciclo, a participação feminina vem crescendo, mas ainda é pequena. Em cada dez motociclistas, 8 são homens. A faixa etária de maior consumo de motos novas vai dos 21 aos 40 anos, com 66% de participação.

Outro dado interessante apurado pela pesquisa é com relação ao estado civil do comprador de motos novas: 57% são casados, revelando que a motocicleta também serve como o primeiro veículo da família, já que apenas 36% dos entrevistados dizem também ter automóvel. As razões de compra confirmam o raciocínio, já que 40% declaram que adquiriram a moto para substituir o transporte coletivo; 10% para substituir o carro; e 16% como ferramenta de trabalho, como é o caso dos motoboys.

Outro dado que retrata o amadurecimento do mercado é que 72% dos compradores afirmam que não é sua primeira moto. Ou seja, o consumidor que entra no segmento permanece nele. A pesquisa mostra ainda que 80% declaram que usam a moto individualmente e 20% a compartilham. No quesito finalidade de uso, 74% revelam que usam a moto para ir ao trabalho ou à escola, e também como instrumento de trabalho. Com relação à forma de aquisição, surpreendentemente 23% compram à vista, 36% optam pelo consórcio, 40% por financiamento e 1% preferem outras modalidades.

Independentemente de como a moto foi comprada, é preciso protegê-la. A melhor maneira de fazer isso é instalar um rastreador Carsystem. Acesse o site: www.carsystem.com/blog/ e adquira o seu!

5 perguntas que revelam o risco de ter sua moto roubada

biker-407123_1280

  1. Você circula com frequência por rodovias e/ou no centro de sua cidade?
  2. Quando trafega, você ignora as demais motos ao seu redor?
  3. Você costuma estacionar na rua?
  4. Ao chegar em casa, você desce da moto para abrir o portão?
  5. Você costuma viajar à noite?

Quanto maior for o número de respostas “sim” a essas perguntas, maior o risco de você       ser roubado.

Saiba os motivos:

  1. As rodovias, principalmente nos trechos de chegada às principais cidades, são alvo dos ladrões. Os Centros velhos das grandes cidades, também. Se, por qualquer motivo, você precisa transitar por esses locais, tenha cuidado redobrado.
  2. Com os altos índices de roubo a moto verificados no Brasil, não dá para andar distraído. Fique atento às motos que estão ao seu redor, principalmente àquelas com dois ocupantes. Quase sempre os roubos ocorrem com ladrões agindo em dupla.
  3. Sempre que possível, vale a pena gastar um pouco e deixar a moto no estacionamento. Às vezes para economizar alguns reais, muita gente estaciona na rua e acaba tendo prejuízo bem maior.
  4. A chegada em casa é sempre situação de risco. Vale a pena dar uma volta no quarteirão e verificar se há algum suspeito. Além disso, se puder, invista na automatização do portão, que pode ser aberto à distância, sem a necessidade de descer da moto.
  5. Sempre que possível, planeje sua viagem de modo a trafegar sempre durante o dia. A combinação estrada-noite significa mais riscos de assalto

Mas a principal dica é proteger sua moto com o rastreador Carsystem. Se mesmo  tomando esses cuidados, você for furtado ou assaltado, você conta com a empresa que tem os melhores índices de recuperação do mercado. Além disso, com o Carsystem Plus você não fica no prejuízo, já que a empresa compra a documentação de sua moto*

Adquira já o seu Carsystem em condições especiais no site:

 http://www.carsystem.com/blog/

*Conforme contrato

Cliente Carsystem Plus teve moto roubada 2 vezes, mas não ficou no prejuízo

Acompanhe a história do cliente Carsystem, Raimundo, que teve sua moto roubada duas vezes.

Na primeira vez, ela foi recuperada; na segunda, a Carsystem efetuou a compra da documentação da moto*, já que ele é cliente Plus. Veja:

[wpvideo ip9cbNI9]

*Conforme contrato

Faça como o Raimundo. Seja um cliente Carsysytem Plus!

Acesse o site e veja nossas condições especiais: http://www.carsystem.com/blog/

Veja 5 bons motivos para ter um rastreador veicular

five-1426662_1280

Para quem tem carro ou moto e vive no Brasil, país com altos índices de criminalidade, o rastreador veicular é um grande aliado.

Veja os principais motivos para ter um rastreador Carsystem:

  1. Fácil localização do veículo

Através da tecnologia de localização via GPS (Global Positioning System), a Carsystem consegue localizar e dar as coordenadas do local onde está o veículo, em tempo real.

     2. Aparelho é invisível para o ladrão

O aparelho é instalado em local desconhecido até mesmo para o motorista. Isso quer dizer que, em caso de assalto, o ladrão não tem como saber se o veículo tem rastreador.

    3. Agilidade na recuperação do veículo

Em caso de furto ou roubo, o cliente é orientado a ligar o mais rápido possível para a Central de Monitoramento da Carsystem. Imediatamente, o veículo é bloqueado e localizado. Então, entra em cena a equipe especializada na recuperação do veículo, que vai até o local onde está está o carro ou a moto.

4. Tranquilidade para o motorista ou motociclista em caso de assalto

Os especialistas em segurança afirmam que a vítima não deve reagir em caso de assalto. Muita gente parte para o confronto com os ladrões por saber que o veículo não tem seguro ou rastreador. Relatos de clientes da Carsystem mostram que, ao ser anunciado o assalto, eles não reagiram e se mantiveram calmos por saber que seu veículo seria localizado. Não arriscaram a vida.

    5. Seguro mais barato

Ter um rastreado significa fazer apólices de seguro muito mais baratas. As seguradoras sabem que com o equipamento é mais bem mais fácil recuperar o veículo. Há, inclusive modalidades de seguro atreladas ao rastreador, como o Carsystem com Seguro.

Adquira o seu Carsystem no site: http://www.carsystem.com/blog/

 

Saiba quais são os horários com maior índice de roubo de veículos

Um estudo encomendado por duas das maiores seguradoras do país, aponta que os índices de roubo (com ameaça ou ação violenta) e furtos de carros são maiores à noite (18h às 24h). Cerca de 52% dos casos ocorrem nesse horário.

A  madrugada (0h a 6h)  período que muitos julgam ser o mais perigoso, é, na verdade, o que registra menos ocorrências, com 8% do total dos casos.

O período que vai das 12 às 18 horas também apresentou alto índice de furtos e roubos de veículos, com 22% das ocorrências.

A parte da manhã, entre 6 e 12h, teve teve índices consideráveis de ocorrências, graças ao alto número de roubos que ocorrem quando as pessoas saem com o carro da garagem para ir ao trabalho. Nesse horário ocorreram 18% dos casos.

O levantamento aponta que não há um dia da semana específico com maior risco de furtos ou roubos. Segundo a pesquisa, cada dia registrou cerca de 14% das ocorrências.

Sudeste mais violento

Ainda de acordo com o estudo das seguradoras, 64,2% dos roubos/furtos aconteceram na região Sudeste. Em seguida vem o Sul, com 14%. Nordeste e Centro-Oeste concentraram, respectivamente, 10% e 9% dos casos, enquanto o Norte teve apenas 2,8%.

Embora haja relação entre esses percentuais e o tamanho da frota de cada região, também foi no Sudeste que, sempre segundo a pesquisa, houve maior frequência de roubo/furto a cada 100 automóveis circulantes: 1,21. O Sul, por exemplo, caiu para quarto nesse quesito, registrando 0,68, atrás de Centro-Oeste (0,75) e Nordeste (0,71). Já a média nacional ficou em 0,96 carro roubado/furtado para cada 100 nas ruas.

Proteja seu veículo com a Carsystem! Acesse o site http://www.carsystem.com/blog/ e veja nossas promoções.

Página 1 de 2

CARSYSTEM - Em todo o Brasil, Proteção tem Nome.